quarta-feira, 19 de agosto de 2015

TUDO TEM UM FIM E O MÃOS QUE DANÇAM TAMBÉM!


Gente, na boa eu não sou crítica de dança, tenho só um blog e gosto de fazer comentários sobre o que meus amigos, pelo menos eu os considero, criam, dançam, fazem. O que escrevo aqui é a mesma coisa que converso com os citados, alguns quando tenho oportunidade e outros sempre. Mais uma vez cito meu eterno diretor (ele sabe que é importantíssimo pra mim e nunca escondi de ninguém), é como nas conversas que tínhamos há tempos, eu opinava, ele opinava, outros opinavam, ninguém concordava. E é isso. Não me coloquei nunquinha como crítica, aliás sempre fui ferozmente criticada por uns e outros mas, de verdade, nem tô (com o perdão da simplicidade). Há algum tempo fiz um combinado comigo, ser o espelho da madrasta da Branca de Neve "só falo a verdade", a minha 'verdade' (que graças a tecla evoluir muda com o tempo, ou melhor aos 04 dias do mês de janeiro). Sem pretensão, sem parcialidade (embora a maioria não concorde), só no amor. 
Este blog, ou diário on line,  surgiu com intuito de levar informações diretamente às minhas alunas que faziam, na época, muitas perguntas. Algumas podiam ser rapidamente respondidas e outras não. Daí a ideia. A primeira publicação foi em um domingo de 2010. Com o tempo este diário começou a registrar os eventos, cursos, histórias, notícias da dança de Campo Grande. Recebeu pedidos de divulgação (sempre atendidos), de postagens de fotos, datas de espetáculos e várias outras informações. Como disse antes, sempre no amor. Amor pela dança, pela informação, pela pesquisa, pelo conhecimento. As pessoas que escrevem em blogs usam seu tempo informando e aprendendo, de graça. Aprendo e conheço coisas e pessoas através do Mãos que Dançam. Sou, de maneira inteligente, útil, indelicada, grosseira, raivosa e outras mais, criticada.Recebo explicações para as minhas opiniões e muitas sugestões. Algumas pessoas me emocionam com agradecimentos bem simples, outras dizendo: Eu li no seu blog! Uns adoram (eeeeeee!), outros não adoram (eeeeee!)*.Sou mal entendida, chamada de sabichona, de inteligente, de ser generalizadamente desinformada (recentemente) e até me escreveram (pois para coisa diferente é preciso coragem): quem você pensa que é? Perguntinha fora de moda, típica de quem tem pouco ou nenhum argumento.


Para essas respondo. Sou Patricia de Castro Signoretti Malta, filha de pais maravilhosos que me mostraram a importância do por favor, do muito obrigada, me proporcionaram estudo (e eu aproveitei), conversas, passeios; morei no interior, em chácara, em lugares frios e quentes, andei à cavalo, de burro, fui perseguida por galinhas e vacas; já tive problemas de saúde; conheço Mariápolis e Paris: me formei em duas faculdades, fiz pós graduação, ainda sonho com um mestrado;  fiz inúmeros cursos na área de dança, outros em áreas similares e tantos outros; fui aluna de Cilene Elesbão, Neide Garrido, Sandramaria Gonçalves Gomes e bailarina da Ginga Cia de Dança durante anos, onde tive a oportunidade de conhecer e aprender muuuuitoooo; dei aula de dança (amo demais); fiz muitas bobagens, magoei pessoas; sou casada, tenho uma cachorrinha, amigos, inimigos e conhecidos.  
Vamos encurtar a conversa. Este post é para comunicar que o blog Mãos que Dançam, dançou, bailou (não consegui evitar a gracinha). Está saindo da rede, dando área, dando espaço para novos blogueiros mais ou menos capacitados, inteligentes, informados, contemporâneos, clássicos, com muito ou pouco a dizer. Ofendida, magoada, cheia de mimimi? Absolutamente não. Tenho uma loja** (Propaganda! Ok, propaganda) e deixo coisas esperando para escrever no blog. Tá na hora de ganhar uma graninha e depois é preciso encerrar ciclos, saber quando uma etapa chega ao final.



O Mãos que Dançam vai e outros blogs virão. Me diverti muito, discuti, aprendi, mudei pensamentos, mantive outros e muita coisa virá. Ainda não tive filho, não plantei uma árvore e nem escrevi um livro. 
Obrigada por muito. Obrigada por nada.
Obrigada a todos.
Até a próxima. 
         Patricia Signoretti


*"Toda unanimidade é burra" dizia Nelson Rodrigues
**Mercearia da Dança





Últimas 

  • As dicas de cursos, espetáculos e tudo mais que amamos sobre dança serão postadas na página do Facebook da Mercearia da Dança
  • As mãos que aparecem na capa do blog são de Nathalia Sposito

terça-feira, 18 de agosto de 2015

MUDANÇA - EU FUI

GRAND PRIX DE LAUSANNE




Seletiva na cidade de Buenos Aires, nos dias  21 a 23 de setembro de 2015 para bailarinos nascidos de 01 de janeiro de 1997 a 31 de dezembro de 2000.

Regulamento e mais informações http://www.prixdelausanne.org/















MUDANÇA - EU FUI

A dança, o estilo contemporâneo veio como uma grande mudança, boas para uns e nem tanto para outros. Seu surgimento fez sólidas estruturas surgirem com questionamentos: é, não é, o que é dança? O estilo ou a dança contemporânea sabe o que é. Observação, construção, manifestação, livre de signos. Desarruma, compara, tem peso e força e pouco se importa se o espectador desvia o olhar da cena.
Chico Neller sabe muito bem compor uma cena e assim o fez na que deu início ao seu mais recente espetáculo, Mudança. Corajosa, profunda e sinistra a abordagem do tema que além de ter sido inspirado pelo poema homônimo de Clarice Lispector também contou com experiência dos bailarinos/intérpretes, criadores/dançarinos. Medo, negação, acomodação, preguiça, loucura, obscuridade, cenas de quase terror. Porém não havia o que temer. Essa também é a face da mudança que, pelo indivíduo ou sociedade, impedida de acontecer se mostra. 
O poema é fresco mas o espetáculo confesso não é meu preferido entre tantos da Cia. A estética lúgubre e o final, quase grosseiro, poderiam ser repensados e tenho certeza não perderão a força e impacto desejadas pelo criador (eres). 
Chico Neller poderia ter dispensado a nudez, que tão oportuna e comovente em Cultura Bovina? não se fez necessária, devido ao modo como o tema foi conduzido, na minha opinião. Senti falta ainda, de movimentação cheia, densa, encorpada, sem artifício, renovada (quando escrevi a companhia ainda não tinha feito a vivência com Dielson Pêssoa, o que pode ser  um início).
Chico Neller e sua Cia do Mato Dança Contemporânea estão caminhando  e mais uma vez, nas palavras de Caio F. "ameaçou mas não chegou a ser". 




DICA DE LEITURA - "O QUE É CENOGRAFIA"


Lançado pela Edições Sesc São Paulo o livro é interessante para artistas profissionais, amadores, iniciantes e também para espectadores. Trata-se de um guia didático e "detalhado sobre o desenvolvimento de um projeto cenográfico. A autora é a cenógrafa, diretora, professora emérita da University of the Arts London, Pamela Howard.

sexta-feira, 14 de agosto de 2015

RUSSIAN STATE BALLET EM CAMPO GRANDE

RUSSIAN STATE BALLET

Foi anunciado na página  do Facebook da companhia que, Campo Grande está incluída na turnê 2015 pelo Brasil. Serão 2 dias de espetáculo, 29 e 30 de agosto, no Teatro Glauce Rocha. Local de venda e valor de ingresso não foi divulgado. Estou tão ansiosa quanto você e assim que divulgarem posto aqui no blog.
"Enquanto seu lobo não vem" conheça um pouco da história da companhia, que foi fundada para representar a qualidade e a paixão pelo balé em mais alto nível.


Em 1981, na Sociedade Filarmonica Moscou, nasceu uma pequena companhia Ensemble of Classical Ballet, com 8 bailarinos dirigidos por Irina Viktorovna.
Vyacheslav Gordeev, bailarino do Ballet Bolshoi, expandiu os horizontes artísticos , o repertório, o nivel profissional e a imagem da companhia. Talentosos bailarinos e coreografos tem sido formados pelo Russian State Ballet que já apresentou-se na Alemanha, Inglaterra, Australia, India, Indonesia, Japão. Suiça, Mexico, China e atualmente inspira a cultura mundial. 

Traduzido livremente by myself




SEMANA QUE VEM

quarta-feira, 12 de agosto de 2015

HOJE TEM CIA DO MATO

HOJE TEM ESPETÁCULO


Cia do Mato Dança Contemporânea

"Mudança" (como base, a poesia de mesmo nome de Clarice Lispector) 
Direção Artística: Chico Neller
Iluminador: Espedito di Montebranco
Trilha Sonora: Jonas Feliz
Figurino: Jane Rosa
Fotografia: Ederson Almeida
Elenco: Ana Carolina Brindarolli, Anayara Martins, Debora Higa, Leonardo Borges, Nathalia Sposito, Paulo Henrique Oliveira, Tanara Maciel e Tayla Borges

Quando: 12 de agosto de 2015
Onde:  Prosa ( Sesc Horto)
Horário: 20h
Classificação: 16 anos
Entrada Gratuita - Chegue mais cedo para pegar sua senha

___________________________________________________




segunda-feira, 10 de agosto de 2015

WOO HOO ESPETÁCULOS!!!!!!!

DANÇA FLAMENCA


Espetáculo de dança e música flamenca. Informações pelo número 9613-1703






CÂMARA SETORIAL


"Dia 14 de agosto realizaremos uma reunião com a Classe da Dança para apresentarmos o plano de trabalho e as ações que já estão sendo realizadas. Às 9h, no a Sala Rubens Corrêa do Centro Cultural José Octávio Guizzo, rua 26 de Agosto, 453, Campo Grande-MS.
Mais informações sobre o Plano Setorial de Dança do MS: 

fonte: copiado e colado de e-mail recebido




CIA DO MATO DANÇA CONTEMPORÂNEA


Imagem Ederson Almeida

Apresenta o espetáculo Mudança, na quarta-feira, dia 12 de agosto de 2015, às 20h no teatro Prosa do SESC Horto, com entrada gratuita.



Direção Artística: Chico Neller
Iluminador: Espedito di Montebranco
Trilha Sonora: Jonas Feliz
Figurino: Jane Rosa
Fotografia: Ederson Almeida
Elenco: Ana Carolina Brindarolli, Anayara Martins, Debora Higa, Leonardo Borges, Nathalia Sposito, Paulo Henrique Oliveira, Tanara Maciel e Tayla Borges


FUNK-SE DANÇA